Ricardo Miranda Filho
A poesia é um estado de sentimento único, compreendido através da ação de vivê-la.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


A escrita literária nos propõe a abordagem de diversos temas que variam de acordo com a estética e o ideal de cada escritor. Desde os preceitos aristotélicos sobre a mimese, é notório afirmar que a representatividade técnica, como foi discutido fortemente por Walter Benjamin em “A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica”, varia de acordo com o valor próprio da obra, já que há essa imitação do víeis sociais na literatura, no entanto, como discutido por Antônio Cândido, isto ocorre de acordo com a vivência, leitura e características próprias do autor, fato que contribui com sua literariedade.
Podemos perceber, deste modo, que o romance infanto-juvenil Os segredos de uma jovem espiã, de Déa Alhadeff, reflete esses princípios de Benjamin e Cândido. A obra trata sobre o tema da espionagem e do romance policial, assuntos fortemente presentes na formação cultural e literária da escritora que diz: “sempre gostei de espionagem e, como fã de Sherlock Holmes e 007, achei que não tinha muitas histórias sobre espionagem para o público jovem, então escrevi o que gostaria de ler”.

 

O enredo da obra trata sobre a personagem Charlottie Lance que é uma jovem espiã em sua última missão: cuidar de cinco jovens garotos que integram uma das bandas mais famosas do Reino Unido em sua época, a banda Skyfive que sofre constante ameaças de um vilão cuja identidade é revelada apenas no fim da história. Além disso, a escritora conduz a história de maneira íntima por meio de um suspense, mas também a leva a outro patamar, como o romance, por tratar sobre dúvida e relação amorosas que a personagens Charlottie tem com um dos integrantes da banda, Zac, no entanto este relacionamento vai de encontro às leis de espionagem da organização que Charlottie integra, a MOB – Organização Ultrassecreta Britânica.
Por meio de uma escrita leve e sucinta e um enredo conciso, a obra nos leva a uma leitura rápida e aprazível devido à curiosidade de saber o fechamento do enredo que não termina em único livro, pois a história é pertencente a uma saga de 4 livros, tendo o segundo livro já publicado com o título “Desaparecido”. Deste modo, a reprodutibilidade e a representatividade técnicas discutidas por Benjamin nos levam a crer que o livro é bem definido e escrito.

 
Ricardo Miranda Filho
Enviado por Ricardo Miranda Filho em 12/01/2018
Alterado em 12/01/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras