Ricardo Miranda Filho
A poesia é um estado de sentimento único, compreendido através da ação de vivê-la.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

Resenha: "Eu: diário de uma garota chocrível", de Márcia Marques

Tendo início no século XIX com a publicação do poema Hino à tarde, de Odorico Mendes, a Literatura Maranhense sempre foi tendenciosa a ser um berço de inúmeros escritores de imensa qualidade por meio de publicação de vários gêneros. Considerando os fatores sociais no seu papel de formadores da estrutura, percebe-se que são tão importantes quanto os elementos psíquicos para a análise literária, e, nesse sentido, a literatura é uma mescla das relações entre o escritor e a sociedade de sua época, pois o meio auxilia a condicionar a ideologia do escritor e, consequentemente, suas características literárias. Pode-se dizer, deste modo, que cada livro é um reflexo do da interação entre o escritor e sua vida ao longo de sua construção como pessoa, ou seja, seus comportamentos e seu ponto de vista podem ser vistos dentro de sua literatura, independente do gênero literário.
Os livros chamam a atenção do leitor de acordo com a escrita e a história vai sendo contada ao longo livro. Alguns conhecem essa façanha de forma extraordinária, deixando a leitura leve e rápida devido ao prazer por ela. É desta forma que a escritora maranhense Márcia Marques fez seu livro Eu: diário de uma garota chocrível, publicado recentemente em São Luís.
Baseado na década de 80, o romance infantojuvenil conta a história da adolescente Maia de Oliver que narra sobre sua vida. Após a separação de seus pais, Maia começa a ficar pensativa sobre sua mãe não se preocupar mais com ela. Depois de um tempo, a adolescente passa a viver com o pai e com sua nova mulher que a ajuda em suas novas aventuras. O enredo do livro tem um formato de um diário narrado por Maia que conta toda a sua vida na adolescência, além de todos os conflitos e felicidades que uma jovem passa nessa fase da vida, até o primeiro namorado e primeiro beijo.
A leitura de Eu: diário de uma garota chocrível é leve e muito boa, deixando o leitor querendo mais. Além disso, foi publicado no livro imagens que podem ser escaneadas pelo celular para fazer uma realidade aumentada.
Ricardo Miranda Filho
Enviado por Ricardo Miranda Filho em 05/07/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras