Ricardo Miranda Filho
A poesia é um estado de sentimento único, compreendido através da ação de vivê-la.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

Nordeste arretado
Aqui tem povo de garra.
Mesmo muito maltratado,
Faz tudo com muita luta,
Segura o mundo no braço
E encanta essa imensa terra.
O meu Nordeste é arretado.

Temos muito o que contar,
Todo o suor respingado
Mostra a força nordestina,
Só cabra todo animado,
Sem medo algum de nada,
O meu Nordeste é arretado.

Tira óleo de todo o mar,
Chega de político culpado
Que só aparenta ajudar,
Mas prefere o lado errado
A lutar por todo o certo,
O meu Nordeste é arretado.

Tem muito cabra da peste,
Se vê mais que apaixonado
Por toda essa imensa terra
De onde seu sustento amado
Tira pra encher toda alma,
O meu Nordeste é arretado.

por Ricardo Miranda Filho
Ricardo Miranda Filho
Enviado por Ricardo Miranda Filho em 23/10/2019
Alterado em 23/10/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras